Quais os principais desafios da indústria marítima atualmente?

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Recuperação do setor exige redirecionamento do mercado e diretor-geral substituto da Antaq aponta o que deve ser feito para recuperá-lo

A atual situação econômica do país fez com que a indústria naval adotasse mais cautela em seus negócios assim como aconteceu com diversos setores. Com isso, o setor teve que buscar alternativas para superar as dificuldades impostas ao mercado, porém, para manter a competitividade e recuperar os tempos de bonança é preciso se readequar.

“Acredito que a recuperação perpassa pelo redirecionamento do mercado da indústria naval para o reparo, manutenção e descomissionamento, assim como pela adoção de planejamento a longo prazo, vislumbrando a continuidade e a maior competitividade do setor, inclusive internacionalmente”, afirma o diretor-geral substituto da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), Fernando Fonseca.

Para ele, o mercado pode ser recuperado em médio e longo prazo, porém, algumas medidas precisam ser adotadas para vencer o delicado cenário político e econômico do país, mas alerta: “A queda do preço do petróleo associada à forte diminuição das atividades do setor de óleo e gás, causada essencialmente pela redução de encomendas da Petrobras, ainda produzem nocivos efeitos sobre a indústria naval brasileira. Mas o principal desafio do mercado é manter a visão competitiva e promover os ajustes nos negócios. A capacidade de adaptação e a mudança de filosofia corporativa para extrair oportunidades em ambientes adversos pode determinar a sobrevivência das empresas do setor”.

O diretor da agência reguladora reforça ainda o que a agencia, por sua vez, está fazendo para auxiliar as empresas do setor a superar as dificuldades. “O modelo regulatório de governança exige da administração pública uma maior competência técnica e celeridade dos processos e das respostas às demandas do mercado. A confiança do setor passa necessariamente pela desburocratização da gestão e pela simplificação da regulamentação pela Antaq”. De acordo com ele, nos últimos anos a agência vem realizando esforços para fortalecer seu quadro funcional, atuando de forma independente e transparente para manter o equilíbrio regulatório “que, ao mesmo tempo, proveja, com clareza e segurança jurídica, as regras do jogo e fomente o desenvolvimento da indústria”.

Fonte: Guia Marítimo

ubm-white

   Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM: uma das maiores empresas do mundo em mídia de negócios

Nos mais de 30 países onde realiza seus eventos, a UBM constrói relacionamentos duradouros com especialistas e players do mercado e gera oportunidades que alavancam e fomentam o desenvolvimento da indústria local em âmbito global. Ler Mais

 

Filiada à     

 ubrafe branco

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
E-mail Inválido
Invalid Input
Invalid Input