BRZ20IMS-LOGO-INTERMODAL-NOVO-PORT

31 de agosto a 2 de setembro de 2021 - São Paulo Expo

Releases Intermodal Xperience

Segundo dia do Intermodal Xperience apresentado como a tecnologia pode ser uma aliada na eficiência de armazéns e centros de distribuição

 

“Utilizar as inovações em tecnologia para aumentar a eficiência da operação do nosso cliente é o objetivo”, afirmou o executivo Mauro Dias, presidente da GLP Brasil, multinacional especializada em imóveis, ao participar de transmissão ao vivo nesta quarta-feira (7) do Intermodal Xperience, versão digital da Intermodal South America, evento dos setores de logística, intralogística, transporte de cargas e comércio exterior.

O executivo fez uma apresentação sobre como os parques logísticos têm o potencial de contribuir para a eficiência nas operações logísticas dos inquilinos por meio de soluções e inovações tecnológicas. “O setor logístico é impulsionado pela digitalização global e a expansão do e-commerce, porém existe um gap entre o crescente nível de exigência do consumidor e a infraestrutura disponível no país, que ainda não está pronta para cumpir a demanda. E o que está preenchendo esse gap é a tecnologia ”, afirmou Dias.

O portfólio da GLP no Brasil é de 5 milhões de m² entre área construída e terrenos em desenvolvimento e a empresa vem investindo na digitalização dos empreendimentos, com integração de soluções em internet das coisas (IoT), automação e robótica, análise de dados e eficiência Energia .

Um exemplo é o aplicativo GLP Fast Pass, desenvolvido para a gestão da frota de caminhões na entrada e na saída dos parques logísticos. “Um ponto que chama atenção nos empreendimentos logísticos do Brasil são os grandes bolsões de vagas para estacionamento de caminhões. Isso é uma ineficiência, porque sinaliza o tempo que os veículos permanecem na localidade ”, comenta o presidente da GLP Brasil. O aplicativo agiliza a identificação dos motoristas na recepção, porque já existe um pré-cadastramento dos dados dele na ferramenta e informações sobre o fluxo esperado para o dia. Outras características já estão sendo desenvolvidas para a implementação no GLP Fast Pass.

Para finalizar, outro ponto levantado por Dias é a questão de sustentabilidade e eficiência energética. Neste ano, a GLP inaugurou a maior usina solar em uma instalação logística no Brasil. O empreendimento, localizado em Louveira, interior de São Paulo, é equipado com painéis solares sem telhado, que design até 80% das necessidades anuais de energia da instalação. A propriedade é operada pela DHL Supply Chain - empresa do Grupo Deutsche Post DHL, com atuação em armazenagem e distribuição e que foi parceira na iniciativa, e serve como centro de distribuição da marca Nike.

Intralogística 4.0 conectada

Ainda no tópico de eficiência nas operações da cadeia de distribuição, o diretor de Soluções da Dematic, Márcio Lopes, não apresenta nenhum Xperience Intermodal o conceito de Intralogística Conectada, que foi desenvolvido em parceria com a empresa de sistemas de movimentação e armazenamento, Águia Sistemas. A Dematic é especializada em soluções de tecnologia de automação, software e serviços para armazéns, centros de distribuição e instalações de produção e é uma marca do Grupo KION, multinacional alemã.

“A premissa da Intralogística Conectada é simplificar a movimentação e a armazenagem de materiais de ponta a ponta, do recebimento à expedição, com uma automação inteligente”, afirmou Lopes. Ele explicou que a automação inteligente, que é uma avanço da indústria 4.0, busca a integração do físico e do digital. Com a captação de dados do mundo físico e análises avançadas no digital é possível fornecer informações de forma automatizada e efetiva para gerar ações no intuito de otimizar a cadeia de suprimentos.

Lopes destacou que a evolução da logística de distribuição nos próximos anos - visto o crescimento das vendas online - evidenciar alguns fatores de mudança sem gerenciamento de armazéns e centros de distribuição, como a redução de estoques com o objetivo de liberar mais espaço físico para o atendimento dos pedidos realizados por canais digitais.

Outro fator que deve ganhar força é a descentralização, com o uso de lojas físicas como centros de distribuição, o que permite a unificação da operação e a digital, custo de entrega - em especial no último milha física. E também as entregas realizadas com veículos autônomos.

Regulamentação na logística farmacêutica

Outro assunto - que está na trilha de intralogística do evento - são os impactos que vão ocorrer na gestão da logística farmacêutica em razão das normas baixadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a RDC 304. Para esclarecer alguns pontos do tema, o Intermodal Xperience adquiridas duas representantes do Comitê de Logística Farmacêutica da Associação Brasileira de Logística (Abralog), Leila Almeida e Liana Montemor.

A publicação da RDC 304/2019 dispõe sobre as boas práticas de distribuição e armazenagem, além do transporte de medicamentos. Um dos requisitos do marco regulatório que deve trazer mais impacto é a manutenção de temperatura controlada nas cargas durante o transporte.

Segundo Liana, um dos pontos de atenção é o artigo 64 da RDC, que prevê o monitoramento e o controle de temperatura e a umidade dos medicamentos. “O mapeamento térmico das rotas é recurso essencial para avaliar o perfil temperatura e umidade nos trajetos de distribuição. É a partir desse conhecimento que será possível aplicar como medidas passivas ou ativas necessárias para determinar uma determinação. Haverá um período de transitoriedade e a obrigatoriedade da norma começa em março de 2022 ”.

Já Leila ressaltou que será um desafio para o mercado adaptar as práticas em relação à resolução - em especial na distribuição dos produtos farmacêuticos. “O transporte hoje é realizado sem nenhum monitoramento deste tipo. Será um desafio maior operacionalizar o registro de temperatura para quem trabalha com carga fracionada, por exemplo ”, afirmou.


Serviço:

Evento: Intermodal Xperience.
Dados: De 6 a 10/08/2020.
Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM
Inscrições: https://bit.ly/33923Z5


Sobre o Intermodal Xperience

A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience .

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criar um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa

Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564

Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031
 

Sustentabilidade também foi um dos destaques do período vespertino do evento digital

 

 

Encerrando mais um dia de conteúdos do Intermodal Xperience, como temáticas de automação, transformação digital e sustentabilidade capitanearam o segundo tempo da programação do evento virtual dedicado ao setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, durante a tarde desta quarta-feira (7 ).


A primeira apresentação do período ficou por conta de dois executivos da ModalGR, uma das principais desenvolvedoras de soluções tecnológicas do país e
patrocinadora Intermodal Tecnologia: o sócio e fundador da empresa, Luiz Simões, e o arquiteto de sistemas e gerente de projetos da companhia, Leandro
Duca. Ambos dissertaram sobre um caso de sucesso da ModalGR, uma automação de um armazém de celulose.


“Desenvolvemos uma série de soluções para agilizar e otimizar as operações do armazém como um todo, o que chamamos de microsserviços. Entre eles, está uma solução de planejamento de embarque em que nós conseguimos visualizar onde as cargas foram embarcadas de fato, em quais modais, em que etapas estão, entre outras informações que facilitam o dia a dia da operação, nos dando toda a visibilidade dos processos ”, disse Duca.


Simões, por sua vez, explicou um pouco mais desse conceito de microsserviços. “Ao construirmos todo o sistema com base nesse processo, por mais que eles atuem de maneira integrada, passamos a ter a possibilidade de gerenciar cada um deles próprios, se for preciso. Por exemplo, se uma etapa apresentar algum problema eventual, conseguir pará-la, se necessário, e corrigi-la, sem prejudicar todo o sistema ou operação, que segue funcionando normalmente ”.
complementou.


Tecnologia como aliada na redução de custos e na gestão de acidentes

Continuando no assunto tecnologia, o diretor comercial e de marketing da Autotrac, Márcio Toscano, trouxe aos profissionais do setor o debate sobre a utilização da “Telemetria e de Rotogramas Falados como Ferramentas de Redução de Custos e Gestão de Acidentes”.


Segundo ele, este é um tema que precisa ser abordado, visto que o número de acidentes nas rodovias do país são altíssimos. Tomando como base um estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT), divulgado recentemente, o executivo aponta que o total de acidentes nas rodovias federais brasileiras, de 2007 a 2019, passa de 1 milhão e 700 mil. Outro número que impressiona é o de vítima, mais de 1 milhão e 200 mil. Muitos casos envolvem caminhões de
transporte de cargas. “As principais causas apontadas pelo levantamento para esse alto número de ocorrências são a falta de atenção dos motoristas, o
cansaço / sono, o excesso de confiança ao volante, a imprudência, a falta de manutenção nos veículos ea necessidade de cumprimento de prazos apertados ”,
disse.

Mas para Toscano, no entanto, o principal problema para tudo isso é a falta de planejamento por parte das empresas. “Há várias tecnologias disponíveis no mercado que ajudam a fazer uma melhor gestão de tudo isso e a evitar esse tipos de problemas, zelando, especialmente, pela segurança e pela vida. Na Autotrac, por exemplo, oferecemos um pacote completo de soluções neste sentido, como um gerador automático de fluxo operacional, que define um ciclo completo da operação, assim como todas as etapas e processos previstos, com a automatização de ações e a emissão de alertas de não conformidade. Ou seja, utilizamos um software de monitoramento que proporciona a visão global de toda a operação, mostrando se tudo está ocorrendo como o previsto, com horários de entregas pré-estabelecidos”.

Já para minimizar as questões da imprudência, da falta de atenção, de cansaço e do excesso de confiança, as tecnologias adotadas são o rotograma falado e o sensor de direção segura, que geram alertas automáticos para os motoristas sobre os principais pontos de risco em cada rota e os alertam sobre qualquer
sinal de distração. “É uma câmera que fica instalada na cabine do caminhão, virada para o motorista, com sensores inteligentes que identificam sinais de cansaço, distração (como uso de celular e cigarros) e alertam o motorista com mensagens de voz instantâneas na própria cabine, além do envio de alertas para o software de monitoramento na torre de controle ”.

Transformação Digital

 Osprincipais impactos da transformação digital na cadeia de abastecimento também foram destaques deste segundo período deprogramação do Intermodal Xperience. O assunto foi evidenciado pelo diretor de cadeia de suprimentos e transformação digital da Unilever, Leonardo Rubinato. Para ele, não tem CEO e nem executivo nenhum que está causando uma maior transformação digital que uma pandemia. “O que se viu nos últimos 6 meses foi uma aceleração muito grande em direção a isso. Visto que, por conta do isolamento social, o mercado de e-commerce cresceu meteoricamente. Somente não 1º semestre, este setor cresceu 145%, levando em consideração as empresas da cadeia de suprimentos a repensarem seus modelos de negócios", afirmou.


E não somente o e-commerce, outras ferramentas ganharam espaço em meio a esta situação, lembrou Rubinato. “O WhatsApp acabou se tornando uma ferramenta de vendas, os meios digitais de pagamento se expandiram, entre outras mudanças no perfil de consumo que obrigaram as companhias logísticas e de transporte de cargas a se reinventar. Na verdade, essa situação trouxe uma variedade de tendências que vieram para ficar, além da transformação digital que deve permanecer cada vez mais. Algumas delas que emergem ainda mais com a pandemia são: uma maior diversificação de fornecedores, a descentralização da cadeia de produção, a colaboração em rede, uma maior preocupação com a sustentabilidade e com os propósitos da companhia, além de abrir espaço para uma maior segmentação e multicanalidade. E essas tendências, sejam as que já vinham ou as que foram exacerbadas com a pandemia, geram inúmeras oportunidades, basta saber aproveitar”.

Sustentabilidade

 

Falando   em sustentabilidade, este foi o foco da apresentação do executivo Bernardo  Adão, Gerente de Sustentabilidade e Compras da AMBEV, que 

destacou o tema: “Green Supply Chain - Utilização de Veículos Elétricos na Distribuição Urbana”.  “Mas por que uma cervejaria está falando de logística? Porque o nosso compromisso, primeiro, é com a comunidade em que estamos inseridos e nosso propósito é unir as pessoas por um  mundo melhor. Pensando nisso, desde 1995 nossa empresa vem trabalhando forte na  questão da sustentabilidade. Mas agora resolvemos intensificar nosso 

compromisso com o meio ambiente. Em 2018, lançamos, junto com nossa parceira  Volkswagen, um projeto ambicioso que visa utilizar 1,6 mil caminhões elétricos em nossa frota até 2023 ”.

O executivo contou, inclusive, sobre o primeiro modelo em operação. “Já temos um modelo piloto em testes há um ano, nenhum qual avaliamos todas
as características e características desse tipo de veículo. Neste período, percorremos  mais de 15 mil km, economizamos mais de 11 toneladas de CO² e mais de 3.300 litros de combustível. Ou seja, com esse tipo de veículo, visamos reduzir muito a emissão de CO² e uma fonte sonora por parte de nossa marca, e melhorar a experiência do motorista em nossos caminhões.

E não para por aí. “Em 2020 lançamos um novo compromisso que é de acabar com uma oferta plástica de nossas embalagens até 2025. Também para 2025, temos outras 5 metas traçadas em questão de sustentabilidade. Queremos também reduzir em até 25% uma emissão de carbono ao longo de nossas cadeias de valor ”, concluiu.


Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data: De 06 a 08/10/2020
Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM


Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criar um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

 

 

Operações de logística reversa também foram destaques do período matutino do evento digital 

 

A tecnologia e a inovação foram as protagonistas novamente do Intermodal Xperience no início do segundo dia de programação. Quem abriu as apresentações desta quarta-feira, 7, para dar continuidade à grade de conteúdos exclusivos deste evento 100% virtual, foi Juliano Maia, product manager de logística da TOTVS, uma das maiores empresas de desenvolvimento de softwares do país e patrocinadora premium do evento, que falou sobre o tema “A tecnologia como agente de sucesso nas operações logísticas em um cenário de constantes mudanças”.


Mudanças essas que Maia fez questão de pontuar logo no começo da palestra. “Se avaliarmos o ranking das maiores empresas do mercado global como um todo em 2007, por exemplo, vemos que apenas uma companhia de tecnologia figurava entre as dez primeiras colocadas, enquanto quatro eram do setor de energia, três do setor bancário, uma montadora e um conglomerado. Em 2020, o panorama é bem diferente. Vemos uma mudança expressiva no cenário ao perceber que, atualmente, das dez maiores empresas do mundo, sete são companhias digitais. Com isso, notamos a rápida mudança de uma economia tradicional para uma mais baseada no digital”, disse.


Segundo ele, outro ponto que mudou drasticamente foi o perfil do cliente final, assim como as características de consumo do mercado. “As pessoas, hoje, não querem mais saber apenas dos produtos e serviços em si, mas das experiências que eles proporcionam e trazem consigo. Elas querem cada vez mais produtos personalizados. Ou seja, o consumidor, atualmente, não quer mais somente comprar por comprar, ele quer ter algo diferente, algo a mais do que contrata. Outra característica interessante que pontua a mudança do perfil do consumidor é o aumento exponencial do e-commerce, que cresceu significativamente neste período de isolamento social em que vivemos”.


Neste novo contexto, surge também uma série de desafios para a logística, ressaltou o executivo. Como a necessidade de entregas mais rápidas, de proporcionar experiências customizadas em grande escala e de políticas de devoluções de produtos mais fáceis, ou seja, por meio de uma logística reversa ágil e eficiente. “E como fazer a gestão disso tudo de maneira eficaz? É aí que entra a tecnologia: utilizando ferramentas digitais que tragam mais velocidade e controle aos processos, como plataformas virtuais de produtividade, de business intelligence, de automação, de inteligência artificial, de machine learning e etc. Afinal, isso faz parte do processo de transformação digital que está em curso no mercado. Não é mais uma tendência, é uma realidade”, concluiu.


Caminho para o acidente zero

Seguindo na temática de tecnologia do Intermodal Xperience, o gerente de Logística e Engenharia Logística na BRF, multinacional de alimentos que é fruto da fusão entre Sadia e Perdigão, Luciano Farago, abordou a gestão de segurança dos motoristas na frota de caminhões que realizam as operações logísticas da companhia. 


Na apresentação, Farago falou sobre como a BRF adotou uma nova tecnologia para a gestão dos motoristas, com o objetivo de proporcionar mais segurança ao prevenir acidentes. “São mais de 10 mil motoristas que integram a operação logística da BRF, percorrendo mensalmente mais de 47 milhões de quilômetros todos os meses”, pontuou.  


Ele explicou que o programa batizado de SSMA (Saúde, Segurança e Meio Ambiente) foi iniciado em 2011 com ações de investigação das causas dos acidentes, a implantação de  velocidade máxima de 80km/h nos trajetos, aplicação de bafômetros para os motoristas e uma sala de alerta do sono na BR-170, em Santa Catarina.    


“Nos últimos nove anos atingimos uma redução histórica de acidentes de 74%”, afirmou o gerente de Logística e Engenharia Logística na BRF. Segundo ele, foi identificado que 54% dos acidentes são resultado de ações diretas dos motoristas, sendo: 24% por velocidade, 19% por distração, 16% por sono e 9% por falha na distância de seguimento de outros veículos.


Para agir na prevenção de acidentes, a tecnologia adotada é baseada na telemetria. “É um sistema de tecnologia embarcada nos caminhões que fornece ferramentas para monitorar, rastrear e medir indicadores visando a melhor produtividade e a segurança na condução de veículos”, destacou. O sistema coleta dados relacionados ao hábito de dirigir e ao comportamento dos condutores, que indicam jornada, velocidade em pista molhada e seca, aceleração lateral, banguela e freada brusca. 


Farago ressaltou ainda que, por meio dessa tecnologia, foi possível criar um sistema de gestão dos motoristas que é usado em todo o processo de recrutamento e seleção de profissionais. “Instalamos ainda, nos caminhões, um sensor com câmera para a detecção e gestão de fadiga e distrações que também identifica o uso de cinto de segurança e celular”, complementou.


Para finalizar, o executivo disse, ainda, que há uma equipe dedicada na BRF que trabalha dia e noite para levar conhecimento, desenvolvimento, bem-estar e segurança para todos os motoristas do País.


Logística reversa

Ainda no bloco da manhã do evento digital, o assunto voltou-se para a logística reversa. Para falar sobre o modelo que busca inserir sustentabilidade no ciclo de vida de produtos eletrônicos, o diretor Geral na Tgestiona Logística, empresa do Grupo Telefônica, Gerardo Weiland, apresentou como funciona a logística reversa na operação telefônica.

“O refurbish ou logística reversa é uma cadeia de suprimentos ideal, que busca sustentabilidade de ponta a ponta”, afirmou. Ele explicou que o ciclo do refurbish inclui a coleta de dispositivos e acessórios na casa do cliente, recebimento, triagem, reparo, inspecção e revisão, controle de qualidade e, por fim, a destinação de produtos para a casa do cliente novamente. 

O diretor Geral na Tgestiona Logística destacou também alguns fatores para que o processo de refurbish seja assertivo: os valores envolvidos em todo o ciclo também precisam ser sustentáveis financeiramente; a criação de engajamento e conscientização de cliente; e a automatização do processo de reparo para garantir um volume maior e a qualidade nos testes. “Hoje temos a capacidade de reparo mensal 95 mil unidades por mês”, disse.    


A Central de Logística Reversa da TGestiona está localizada em São Paulo. 


Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data: De 06 a 08/10/2020
Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM


Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

 

 

Eficiência energética, compartilhamento de cargas, regulamentação da cadeia fria, planejamento tributário são alguns dos destaques do que será visto nos centros logísticos nos próximos anos   

 

A temática de Intralogística liderou as apresentações do Intermodal Xperience no bloco da tarde do primeiro dia de evento 100% online. A cadeia logística do frio foi o tema de um encontro que recebeu o presidente da Associação Brasileira de Logística (Abralog), o CEO da Friozem, Fábio Fonseca e o diretor de operações da Martin Brower, Fábio Miranda. 

Para Fonseca, da Friozem, referência em armazenagem, transporte e distribuição de produtos sob temperatura controlada, o país ainda apresenta um nível alto de ociosidade nos armazéns dedicados à cadeia do frio, com taxas de ocupação girando atualmente em torno de 60%. “A pandemia da Covid-19 influenciou este número em razão da desvalorização do dólar e a diminuição dos estoques internos, uma vez que o foco maior ficou na exportação. O fechamento dos food services também contribuiu”, disse. Porém, o executivo acredita que no médio e longo prazos a perspectiva é que essa ociosidade seja normalizada. 

Sobre o cenário de crise gerado pela pandemia, Miranda, da Martin Brower, empresa de distribuição e gestão do supply chain para redes de restaurantes, disse que a alternativa pelo delivery dos restaurantes que foram fechados de forma abrupta não foram suficiente para suprir o vácuo deixado. “O que nos permitiu passar pelo pior da crise foi a flexibilidade que negociamos com clientes e parceiros”, afirmou. Para ele, a retomada para 2021 ainda está suscetível a vacina da Covid-19.  


Um ponto comum que foi abordado no debate virtual foi a necessidade de uma regulação padronizada das operações do segmento. “Não há uma legislação específica do SIF​ (Serviço de Inspeção Federal), por exemplo, para armazéns frigorífico”, pontua Fonseca. Já o diretor de operações da Martin Brower citou a necessidade de uma legislação específica para operadores logísticos.   

Neste sentido o presidente da Abralog disse que a entidade criou um novo núcleo de discussão, o Comitê da Cadeia do Frio, que busca justamente tratar essas vertentes da regulação necessária e também os processos e tecnologias do segmento.  


Compartilhamento de Cargas é a tendência que deve crescer

Em outro momento do primeiro dia do Intermodal Xperience, a discussão voltou-se para a otimização de recursos para evitar que caminhões transitem com baixa ocupação de cargas, a iniciativa de compartilhamento de entregas entre diferentes empresas têm ganhado força. Do estado de Ceará, o diretor de operações do Grupo EBD - distribuidor de alimentos, bebidas e produtos de higiene pessoal -, Adriano Maeda, apresentou os resultados do projeto “Central de Compartilhamento de Cargas (CCC)” realizado em parceria com a operadora logística Link Logistics.  

Na prática, Maeda explica que o projeto CCC funciona da seguinte forma: os pedidos (notas digitais eletrônicas) das empresas distribuidoras que fazem parte do projeto CCC são enviados para um software de gestão de transporte de cargas e a Link Logistics faz todo o fluxo de coleta das mercadorias em cada empresa, consolidação e a entrega da carga.

“Conseguimos quebrar um paradigma ao criar um ambiente de colaboração entre empresas distribuidoras concorrentes. O que resultou na redução de custos logísticos ao realizar entregas em menos tempo e com mais frequência nos clientes”, afirma Maeda, que acrescenta ainda: “e por fim, o que consolida todo o projeto CCC é o aumento no faturamento local em 15%”.  


Depois de três anos de execução, o diretor de operações do Grupo EBD explica que os próximos passos para o projeto CCC são focados em duas frentes: a experiência do cliente (customer experience) e as inovações tecnológicas da logística 4.0. “No sentido de melhorar o nível de serviço para o cliente a ideia é passar a entregar 100% dos pedidos no estado do Ceará em até 24 horas e em clientes-chave em até oito horas e ter uma disponibilidade de estoque com zero ruptura. Também estamos analisando formas alternativas de entrega com pontos de coleta e outros meios de transporte como motocicletas, bicicletas e - futuramente - drones”, revela Maeda.   

Eficiência Energética

Ainda pensando na otimização do gerenciamento da cadeia de suprimentos, as questões ligadas à eficiência energética em indústrias, centros de distribuição e galpões podem impactar significamente a receita das empresas ligadas à operação logística. Um estudo da gestora de energia Comerc Esco apontou que a indústria tem potencial de economizar cerca de R$ 4 bilhões por ano em energia elétrica apenas com a adoção de soluções de eficiência energética. 

O executivo Luis Guilherme Pires, diretor Comercial do Grupo Luminae Energia, que é referência em eficiência energética na América Latina, explicou que os três pilares de eficiência energética são baseados na: redução da potência, com a substituição por iluminação LED que pode gerar até 80% de economia; fontes alternativas de geração; e por último a gestão da energia. 

Pires ilustrou a apresentação com um exemplo do Grupo. “Contamos com o soluções que utilizam o LED mais eficiente do mundo o que garante uma alta performance em iluminação. E também o monitoramento em tempo real do consumo de energia  com gráficos e relatórios que possibilitam a gestão total da energia, além de alertas de anomalias que evitam o desperdício”, afirmou.  


Análises Tributárias x Logística 

A relação entre logística e o sistema tributário nacional também foi um dos destaques do primeiro dia de Intermodal Xperience. Quem abordou o assunto foi o sócio da Dessimoni & Blanco Advogados e vice-presidente da Associação Brasileira de Logística (Abralog), Alessandro Dessimoni. 

Segundo ele, este é um tema sempre atual e relevante, já que o sistema tributário brasileiro é bastante complexo. “Se fizermos um breve retrocesso e avaliarmos cerca de vinte anos atrás, veremos que o Brasil tinha uma carga tributária por volta de 25% do Produto Interno Bruto (PIB) e hoje essa mesma carga tributária gira em torno de 35% do PIB. Isso tem uma explicação ligada à legislação fiscal: são todas as alterações e reformas que foram acontecendo, principalmente em nível federal, ao longo dos últimos anos. Com isso, hoje vivemos uma realidade que apresenta um número enorme de tributos: são mais de 80 no Brasil. Somente o ICMS tem mais de 45 alíquotas. E tudo isso impacta diretamente as estruturas das empresas, principalmente as que operam em mais de um estado do País”, afirmou.

Dessimoni vai ainda mais fundo na questão e exemplifica. “Uma das mudanças que ocorreram na legislação, no começo da década de 2000, por exemplo – que foi a não cumulatividade do PIS e do COFINS -– sofreu uma série de alterações desde então e hoje em dia, as empresas de serviços (logísticos, de transporte, armazéns gerais, entre outros) sofrem com uma grande restrição de crédito, causando um aumento de carga tributária também na ponta de todo o processo”.

Por essas e outras razões que o advogado considera fundamental que as empresas do setor criem o hábito de fazer análises e planejamentos tributários sobre suas respectivas malhas logísticas. “Esse é o cenário em que vivemos e para a construção desse planejamento fiscal é muito importante que as companhias consigam criar um linha base de suas respectivas cadeias produtivas, perguntando-se onde estão os principais fornecedores, onde são compradas as matérias-primas, se há centros de distribuição suficientes, onde eles estão localizados e etc., para que assim se entenda qual é carga tributária, de fato, sobre as respectivas cadeias e se possa então traçar estratégias mais assertivas com relação a isso”, finalizou. 


Vitrine online de produtos e serviços 

A plataforma Xperience também disponibiliza para os participantes uma vitrine digital com imagens e informações sobre equipamentos, tecnologias e serviços das empresas expositoras do evento. No espaço é possível fazer uma solicitação de orçamento diretamente para o fornecedor que está online para facilitar uma conexão direta e rápida com os potenciais clientes.      

Entre os expositores estão marcas como a Modal GR, Huawei do Brasil, Logicomex Assessoria Aduaneira, TOTVS e a Reconlog. A lista de expositores conta com fornecedores de todos os modais: aéreo, aquaviário, ferroviário, rodoviário, marítimo e de segmentos como consultoria de Recursos Humanos; embalagens; equipamentos para estocagem; estrutura de armazenagem; intralogística; maquinário e equipamento; sistema de segurança; software e sistemas; veículos e montadoras; transportadora; entre outros.



Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data: De 06 a 08/10/2020
Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM


Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

 

 

Bayer, BBM Logística, Scania e Yamalog mostram o poder da inovação nas cadeias de abastecimento e de distribuição do país

Teve início nesta terça-feira (6), a primeira edição do Intermodal Xperience, evento digital da Intermodal South America - que chega ao mercado com o intuito de conectar os profissionais do setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior em uma única plataforma virtual, por meio de conteúdos e iniciativas que visam facilitar o networking e a realização de negócios online.

Abrindo o evento, o diretor do Intermodal Xperience, Hermano Pinto Júnior, agradeceu a participação das autoridades presentes e destacou a importância de gerar eventos que contribuam com o desenvolvimento do setor de logística como um todo. “O Intermodal Xperience chega para revolucionar a forma como fazemos negócios nos setores logístico, de transporte de cargas e de comércio exterior, ampliando as fronteiras do evento presencial para o mundo virtual e facilitando a aproximação e o relacionamento entre todos os players que atuam nestes segmentos”.

Segundo ele, outra vantagem dessa estratégia é auxiliar na identificação de eventuais problemas no percurso, os impactos deles para os negócios e os riscos e incertezas que podem haver no caminho. “Quando se é possível avaliar tudo isso e definir critérios relevantes com antecedência, evita-se surpresas lá na frente, além de auxiliar na organização e na sintetização de informações, na mensuração dos aspectos tangíveis e intangíveis, na representação de preferências e prioridades da empresa, no aumento de produtividade, na garantia de mais compliance e transparência com fornecedores, entre muitos outros benefícios”.


Smart Logistics Center

Outra apresentação de destaque no âmbito tecnológico foi a do vice-presidente de supply chain para a América Latina da Bayer, uma das maiores fabricantes de medicamentos do país, Carlos Ricardo Andrade, que ressaltou o conceito de Smart Logistics Center aliado à Inteligência Artificial adotado pela empresa. “O que é o Smart Logistcs Center? Trata-se de um centro de operações da nossa empresa que conecta todas as informações coletadas por nossas ferramentas de inteligência artificial ao time de logística, que, por sua vez, passa a ter o auxílio de uma base de dados completa que garante um grau de acertos e de decisões assertivas muito maior”, comentou.

O executivo pontuou quais são as iniciativas da companhia neste sentido, que visam levar a marca, cada vez mais, para o patamar da transformação digital e da automação de processos. “Uma delas foi a adoção de um sistema chamado Transportation Management Solutions (TMS), que gerencia todos processos de planejamento de cargas de ponta a ponta. Outra foi a Last Mile Visibility (LMV), que propicia um fácil e único acesso para todas as informações sobre as entregas, onde quer que estejam, entre muitas outras. Com tudo isso, geramos muitos dados e informações preciosos para nossas operações”, complementou.


Tour Virtual

Outra novidade do Intermodal Xperience é a possibilidade de acompanhar um tour virtual por algumas empresas participantes. A primeira experiência foi com montadora sueca Scania. O manager da Scania Latin America, Adolpho Bastos, aproveitou para falar um pouco das iniciativas da empresa que iniciou em 2015 um novo movimento em busca da sustentabilidade. 


São três os pilares que foram determinados para firmar o compromisso em ser líder no transporte sustentável: desenvolver motores e componentes com consumo de energia eficiente; desenvolver sistemas de propulsão e motores que utilizam combustíveis renováveis e eletrificação e o uso de tecnologia para a criação de um sistema inteligente e seguro no transporte. 


“Dividimos principais metas de sustentabilidade em duas frentes. A redução em 50% das nossas emissões de dióxido de carbono (CO2) até 2025, em comparação com os níveis de 2015, e a redução em 20% nas emissões de CO2 nos produtos que estão com os nossos clientes”, afirmou Bastos.   

Ele destacou também a criação do Scania Logistics Lab, um laboratório de inovação que faz a captação e análise de dados para o desenvolvimento de soluções sustentáveis. A frota de teste do laboratório tem 27 caminhões e já alcançou resultados como a diminuição dos índices de emissões de CO2 de 31 kg por tonelada transportada em 2017 para 19,3 em agosto de 2020. O consumo de combustível por km rodado também apresentou uma melhoria saindo de 2,7 em 2017 para 3,46 em agosto de 2020. O monitoramento do Scania Logistics Lab é feito no trajeto que liga o porto de Santos, no litoral paulista, à fábrica da Scania em São Bernardo do Campo (SP).  


Transporte

Já no âmbito do Transporte, o destaque ficou por conta da palestra do Eurydes Siqueira Barcellos, da Yamalog, que abordou a Aplicação de Embalagens Retornáveis no Transporte de Motocicletas. Segundo ele, a iniciativa partiu de uma necessidade da empresa em reduzir custos logísticos em suas operações. “Nós vínhamos enfrentando algumas dificuldades em meio aos nossos processos logísticos, como a dependência de equipamentos dedicados de empresas exclusivas, gerando altos investimentos e fretes mais caros, a maior incidência de avarias no transporte, entre outros desafios. Por isso decidimos encontrar alguma alternativa que nos sanasse essa questão e a melhor opção que encontramos foi a aplicação de embalagens retornáveis no transporte de nossas motocicletas”.


Entre as alternativas de embalagens retornáveis, a escolhida foi a Rack retornável, de acordo com Barcellos. “O custo é menor e a durabilidade maior, então essa opção mostrou-se a melhor alternativa. Não temos dúvida que escolhemos o caminho certo ao fazer essa opção, pois se aplica a todos os modelos de motocicleta, proporcionando maior facilidade operacional e nos permitindo chegar até a porta das concessionárias com os modelos ainda embalados, fator que antes não era possível”, finalizou.



Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data: De 06 a 08/10/2020
Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM


Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

 

 

Assunto foi destacado pelas principais autoridades do setor, que marcaram presença na solenidade do evento digital


Teve início nesta terça-feira (6), a primeira edição do Intermodal Xperience, evento digital da Intermodal South America - que chega ao mercado com o intuito de conectar os profissionais do setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior em uma única plataforma virtual, por meio de conteúdos e iniciativas que visam facilitar o networking e a realização de negócios online.


Abrindo o evento, o diretor do Intermodal Xperience, Hermano Pinto Júnior, agradeceu a participação das autoridades presentes e destacou a importância de gerar eventos que contribuam com o desenvolvimento do setor de logística como um todo. “O Intermodal Xperience chega para revolucionar a forma como fazemos negócios nos setores logístico, de transporte de cargas e de comércio exterior, ampliando as fronteiras do evento presencial para o mundo virtual e facilitando a aproximação e o relacionamento entre todos os players que atuam nestes segmentos”.

Entre os temas abordados, veio à tona o debate a respeito do futuro deste mercado no País e a urgência da desburocratização dos setores logístico e de infraestrutura brasileiro para garantir ainda mais o seu desenvolvimento.


Foi o que disse, por exemplo, o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Juliano Noman, que ressaltou algumas das ações da agência reguladora em prol deste objetivo. “Estamos tomando uma série de medidas internas em nossa agência para garantir mais produtividade e diminuir a burocratização do setor. Teremos uma reunião amanhã, inclusive, com diversos players e representantes governamentais, incluindo o presidente Bolsonaro, para apresentar um projeto que visa reduzir a morosidade destes mercados, proporcionando mais investimentos, mais flexibilidade, mais geração de empregos e etc, contribuindo ainda mais com o desenvolvimento da logística e do transporte de cargas no País”, afirmou.


A superintendente de serviços de transporte rodoviário e multimodal de cargas da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Rosimeire Lima, concordou e também destacou as iniciativas da agência em busca da garantia de uma maior agilidade aos processos logísticos do setor. “Também visamos adotar a política pública do Governo Federal de desburocratização do setor, tanto no transporte rodoviário nacional de cargas quanto no internacional, em que muitos serviços foram inseridos no portal federal com o intuito de digitalizá-los e desburocratizá-los. Ao meu ver, não há outra alternativa: investimentos em desburocratização, em infraestrutura e em multimodalidade são os caminhos para melhorarmos e desenvolvermos o setor no País”, pontuou.


Já o secretário executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, corroborou com a necessidade de mais investimentos no setor, para alavancar ainda mais a competitividade do Brasil no cenário internacional e atrair novos aportes ao País. “Nós, do Ministério da Infraestrutura, estamos trabalhando arduamente para encontrar soluções para o setor, como a abertura do Programa Pró-Brasil, que possui um planejamento que visa revisitar marcos legais e atos normativos nacionais para estudarmos novos caminhos, com o intuito de alcançarmos a primeira posição de competitividade na América Latina. Afinal, nós sabemos que um país competitivo atrai novos investimentos e gera empregos aos profissionais do mercado. Além disso, sabemos da importância de se investir em infraestrutura e que a plena retomada econômica do Brasil só ocorrerá a partir de aportes nesta área”.


Para isso, Sampaio reconhece que é preciso apostar também em parcerias com a iniciativa privada. “Nossos investimentos na agenda de transportes vêm crescendo a cada dia e muito desse resultado se deve a seguirmos trabalhando forte na parceria com a iniciativa privada. Nosso intuito é continuar nessa toada, tanto é que pretendemos dobrar os investimentos conjuntos no setor nos próximos anos. A expectativa é receber, em média, aportes de até R$ 200 bilhões de reais vindos da iniciativa privada daqui em diante. Ou seja, nossa ideia é realizar investimentos na ordem de R$ 305 bilhões de reais na área de infraestrutura nos próximos anos e, desse total, cerca de 60% viria do âmbito privado”, acrescentou.


Perspectivas positivas que animaram os moderadores da solenidade, como o presidente da Associação Brasileira de Logística (Abralog), Pedro Moreira. “Expectativas como essas nos motivam a seguir ainda mais rumo ao desenvolvimento do setor no País. Por isso, só temos que agradecer a todos pela participação neste Cerimonial de Abertura do Intermodal Xperience”, concluiu.


Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data: De 06 a 08/10/2020
Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM


Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

 

 

Huawei, FedEx e Souza Cruz apresentam cases que mostram que a revolução 4.0 é possível e já está acontecendo nas cadeias de suprimentos no País       

 

O ciclo de apresentações da área de conteúdo do Intermodal Xperience neste primeiro dia de evento digital começou com o gerente de Marketing Estratégico da Huawei no Brasil, Tiago Fontes, que expôs o case da 5G Smart Campus Warehouse da Huawei, fornecedora chinesa de tecnologia de soluções de informação da indústria e das comunicações. O projeto ativou uma rede privada de conexão 5G no Centro de Distribuição (CD) da empresa, localizado em Sorocaba (São Paulo).
 

A rede de 5G foi desenvolvida para abranger a área de 22 mil m² da estrutura e automatizar os processos de transporte de materiais até as gôndolas dentro do CD por meio de robôs móveis (AGV’s, sigla em inglês para Automated Guided Vehicle) conectados pelo 5G. Segundo Fontes, até 100 robôs podem operar simultaneamente na rede sem sobrecarregar a conexão.  

O projeto também inclui a utilização de leitores e etiquetas RFID (Radio Frequency Identification ou Identificação por Radiofrequência) para a identificação dos produtos, o que eliminou o uso de papel. Sobre os resultados já identificados, Fontes destacou um aumento de 25% da eficiência na operação, além do ganho na produtividade no gerenciamento de estoques e na redução no tempo no envio de materiais.   

“A ideia é engajar a indústria brasileira para a revolução 4.0 ao promover o desenvolvimento de tecnologias utilizando o 5G, inteligência artificial e a computação em nuvem. E a melhor maneira de mostrar que isso é possível é iniciar um projeto interno que está sendo disponibilizado para dar suporte às operações do nosso próprio time de colaboradores”, destacou o gerente de Marketing Estratégico da Huawei no Brasil.  

Próximos Passos

O gerente de Marketing Estratégico da Huawei no Brasil indicou que os próximos passos são a integração da linha automática de pesagem e embalagem e de outros dispositivos, como empilhadeiras e robôs de limpeza e inspeção.      

Ainda na temática da logística conciliada com o uso de inovações tecnológicas, o diretor de Marketing da FedEx Express para o Brasil, Gustavo Kornitz, abordou, na apresentação, o e-commerce no Brasil. Ele falou sobre a evolução no nível das expectativas dos consumidores no país. “Hoje, pesquisas apontam que 8 em cada 10 consumidores dão preferência para compras em websites que tenham opções claras de políticas de devolução de produtos. Outro ponto que está no radar é a sustentabilidade: 60% dos consumidores gostariam de receber as entregas de mercadoria em embalagens recicláveis”, disse.     


Em números, segundo Kornitz, o e-commerce no Brasil segue em constante crescimento. Só em 2019, o faturamento do setor foi de 61,9 bilhões, o que representa um aumento de 16,3% na comparação com 2018. E a tendência para o futuro é que o varejo online atinja um crescimento 10 vezes mais rápido do que offline até 2023, dobrando a participação do setor de e-commerce no Brasil.

Para atender o aumento da demanda do setor, a FedEX Brasil, empresa de transporte expresso, está ampliando a infraestrutura nacional. “Inauguramos um novo centro de operações logísticas em Cajamar, interior de São Paulo. O espaço é a maior estrutura da empresa na América Latina e uma das maiores do mundo. O que representa um avanço importante nas nossas operações de e-commerce no País”, disse Kornitz.

Ele também destacou os avanços em tecnologia da FedEx no mundo no ano passado, com o protótipo do robô de entregas na última milha, o Same Day Bot (Roxo) e a parceria com a Wing Aviation para a realização da primeira entrega agendada com drone para o e-commerce, que aconteceu na Virgínia, nos Estados Unidos. 

O conteúdo programado para os dias de evento segue três temáticas principais: intralogística, tecnologia e transporte de cargas. As apresentações ligadas ao tema de tecnologia são patrocinadas pela Modal GR. 

Logística Colaborativa

O gerente de Projetos Logísticos da Souza Cruz, Guilherme Portescheller, abordou como o conceito de logística colaborativa passou a ser aplicado na companhia de tabaco e também em parcerias com as outras empresas. A Souza Cruz atende mais 30 mil pedidos por dia, com 315 mil pontos de vendas e 36 centros de distribuição.

“Diante da complexidade na logística nacional, onde cada região tem características diferentes, não é possível ter uma solução única. Portanto, nossa ênfase é uma estratégia que considera as especificidades de cada localidade”, disse Portescheller.     

Ele explica que o modelo colaborativo começou a ser explorado dentro da própria empresa com um circuito de fornecedores. “O caminhão que realiza o percurso de levar a matéria-prima de um de nossos fornecedores até a fábrica da Souza Cruz faz o caminho reverso, levando o produto finalizado da fábrica até um centro de distribuição, que é próximo deste fornecedor. São circuitos estáticos de ida e volta que conseguimos criar em quase todos os nossos fornecedores”.  

Outra aposta neste sentido de colaboração foi o fracionamento de cargas, fazendo com que a Souza Cruz ganhe capilaridade com empresas parceiras de bens de consumo. O gerente de Projetos Logísticos explica que a ideia é agregar a venda de produtos das empresas parceiras nas visitas regulares dos vendedores da Souza Cruz aos pontos de venda.  

“A iniciativa começou em 2015, quando o cenário apresentava uma queda no consumo de cigarros, o que acarretava um aumento dos nossos custos fixos e na capacidade ociosa dos caminhões. Com a logística colaborativa conseguimos ampliar em 23% essa ocupação”, destacou Portescheller.   



Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data: De 06 a 08/10/2020
Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM


Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

 

 

Organização da feira prepara a realização de um evento totalmente online ainda neste ano, em outubro, em uma plataforma tecnológica recém apresentada ao mercado


Após adiamento da 26ª edição da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e de comércio exterior, para 2021 -- em virtude do atual cenário de incertezas gerado pela pandemia da Covid-19 - a Informa Markets, organizadora da feira, inova e oferece ao mercado um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo da Informa Markets que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, a geração de negócios e a interação. O encontro já tem data marcada e ocorrerá de 06 a 08 de outubro deste ano. Ou seja, serão três dias de muitas trocas de informações sobre o setor.

 

No que compete ao Conteúdo, o público poderá acessar uma programação recheada de atrações via vídeos on demand e ao vivo, compostos por grandes nomes do mercado. Constam na programação mais de 15 palestras segmentadas ao longo dos três dias de evento: serão três palestrantes por período, divididos pelos pilares do setor (transporte, tecnologia e intralogística). Integra a grade de conteúdo ainda a nova edição da Conferência Nacional de Logística (CNL), realizada em parceria com a Associação Brasileira de Logística (Abralog), que também será promovida pela primeira vez de forma virtual.


Está agendado também um Painel de Abertura exclusivo com a presença de representantes do governo federal e de entidades de classe setoriais, como ANTT, ANTAQ, ANAC, Infraero e Anvisa. Outro diferencial será a realização de um tour virtual por dia em Centros de Distribuição e grandes fábricas para a demonstração de produtos, serviços ou tecnologias inovadoras. 


Já no que refere ao Relacionamento, o evento oferecerá um coquetel virtual que contará com ações que promovam um ambiente seguro onde os profissionais poderão interagir via mensagens e troca de informações. Os participantes da categoria VIP terão acesso ainda a uma área exclusiva de relacionamento, com conteúdos diferenciados e com a possibilidade de falar diretamente com os palestrantes do evento por 20 minutos após a apresentação de cada um.


E no que diz respeito a Negócios, uma avançada ferramenta de matchmaking permitirá que compradores e vendedores com interesses comuns se encontrem de maneira fácil e realizem negócios sem burocracias, abrindo espaços exclusivos na plataforma para a realização de reuniões virtuais com agendamento, ações de encontros por segmento (estilo meetup) e exposições de produtos, serviços e lançamentos de todas as marcas do setor (via vitrines virtuais); além de dar acesso a uma área VIP única com direito a informações privilegiadas.


Tudo isso suplantado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que vai contribuir para que a realização de negócios aconteça, indicar os melhores conteúdos para a audiência com base em seus interesses e estimular o relacionamento entre todos na plataforma.


“O Intermodal Xperience chega para revolucionar a forma como fazemos negócios nos setores logístico, de transporte de cargas e de comércio exterior, ampliando as fronteiras do evento presencial para o mundo virtual e facilitando a aproximação e o relacionamento entre todos os players que atuam nestes segmentos”, diz a vice-presidente de marketing da Informa Markets Brasil, Araceli Silveira.


“Além disso, propomos aqui uma interação jamais vista entre experts, acadêmicos, autoridades públicas e empresários por meio de uma programação exclusiva, construída sinergicamente com as demandas do mercado. A programação final, inclusive, será disponibilizada até a segunda quinzena de setembro”, completa o diretor do evento, Hermano Pinto Júnior.


Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data:De 06 a 08/10/2020
Mais Informações:https://www.intermodal.com.br/pt/intermodal-xperience.html


Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

 

 

Evento digital da Intermodal South America acontece de 06 a 08 de outubro deste ano

O Intermodal Xperience 2020 - evento digital da Intermodal South America - reunirá os principais players dos setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior em um ambiente 100% virtual durante três dias. A realização do encontro virtual vem preencher a lacuna existente no setor, que estava carente por um ambiente online e exclusivo que conecta os profissionais do segmento numa única plataforma: com conteúdo relevante, networking e geração de negócios. O evento conta ainda com o apoio do Ministério da Infraestrutura e será prestigiado pela participação do ministro da pasta, Tarcísio Gomes de Freitas

Durante o evento, o público terá acesso também a uma grade de conteúdos única, recheada de atrações via vídeos on demand e ao vivo para debater o futuro do setor e falar sobre uma variedade de temas atuais e relevantes ao mercado, como Cold Supply Chain, Hiperconectividade e o Futuro do Transporte, Integração da Cadeia de Suprimentos, Intralogística 4.0, Operações Intermodais e Tecnologia, Transformação Digital e Multicanalidade, além de diversos outros assuntos.

Para os debates já estão confirmados executivos de empresas demandantes de soluções logísticas e que vêm expor as novas necessidades das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição. Entre eles: o diretor executivo de supply chain e distribuição da Via Varejo (dona das Casas Bahia e do Ponto Frio), Fernando Gasparini; o diretor executivo da GolLog, Julio Perotti; o vice-presidente de operações logísticas do Mercado Livre, Leandro Bassoi; o diretor executivo de supply chain do Grupo Pão de Açúcar, Marcelo Arantes; o diretor executivo de supply chain do Carrefour, Marcelo Lopes; e o diretor de logística da Natura, Nestor Felpi.


Participam também do Intermodal Xperience 2020 representantes de associações e entidades estratégicas na articulação do diálogo entre iniciativa privada e poder público, como o presidente da Confederação Nacional de Transporte (CNT), Vander Costa; o diretor de assuntos tributários da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOMM), Guilherme Martins Santos e o presidente da Associação Brasileira de Logística (ABRALOG), Pedro Moreira.


Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data:De 06 a 08/10/2020
Mais Informações:https://www.intermodal.com.br/pt/intermodal-xperience.html


Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

 

 

Com programação 100% digital, evento que ocorre de 06 a 08 de outubro conta com a participação de grandes nomes do mercado e curadoria da Conferência Nacional de Logística (CNL)


Com o objetivo de conectar pessoas, negócios e tecnologias, o Intermodal Xperience 2020 - o maior evento digital para os segmentos logístico, de transporte de cargas e comércio exterior - reunirá toda a comunidade das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição em uma única e inovadora plataforma virtual.


Entre as atrações exclusivas reservadas para o evento, marcado para ocorrer de 06 a 08 de outubro, está uma grade de conteúdos recheada de palestras online e nomes de peso do mercado, que trazem conhecimentos e informações para colaborar com o debate a respeito do futuro do setor.

No primeiro dia (06), ocorre a abertura oficial do evento, às 09 horas, com o ministro da infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que palestrará sobre o tema “Logística em Movimento: Investimentos em Infraestrutura e Transporte”. Logo após, às 11 horas, será a vez do diretor de soluções logísticas e tecnologia da Samsung SDS, Sung Bo Shim, e do gerente comercial de soluções e inovação da companhia, Roberto Carlos Gomes de Lima, discursarem sobre os “Desafios da Cadeia Logística: Inovando com os Clientes”. 


As apresentações do gerente de logística da Souza Cruz, Guilherme Portescheller, sobre “Revolução Digital e a Colaboração Alavancando o Supply Chain e a Distribuição Urbana”, e do vice presidente de supply chain para a América Latina da Bayer, Carlos Ricardo Andrade, sobre “Smart Logistics Center: Logística Aliada à Inteligência Artificial”, às 11h30 e às 15h, respectivamente, são outros destaques deste dia inaugural.


Já no dia 07, outras palestras chamam a atenção. Entre elas, a do presidente da Confederação Nacional de Transporte (CNT), Vander Costa, sobre “Hiperconectividade e o Futuro do Transporte”, às 10 horas. Logo depois, às 11 horas, o gerente de logística e engenharia logística da Brasil Foods, Luciano Farago, falará sobre “Tecnologia em Gestão de Segurança de Frotas”. Mais tarde, às 14 horas, será a vez do diretor executivo de supply chain e distribuição da Via Varejo (marca dona das redes Casas Bahia e Ponto Frio), Fernando Gasparini, abordar o tema “Transformação Digital na Cadeia de Suprimentos”. E às 16h30, o diretor de supply chain da Cargill, João Paes de Almeida, é quem ganha espaço, para falar sobre “A Logística do Agronegócio”.


Por fim, no dia 08, mais dez apresentações fecham a grade de programação do evento. Entre elas, a do vice-presidente de logística do Ifood, Roberto Gandolfo, às 09 horas, sobre “A Expansão do Last Mile no Ifood”. Mais tarde, às 14 horas, quem assume é o vice-presidente de operações logísticas do Mercado Livre, Leandro Bassoi, para falar a respeito da “Escalabilidade logística em um ambiente de hipercrescimento abrupto”. Pouco depois, às 15 horas, será a vez do diretor de logística da Natura, Nestor Felpi, que destacará os “Desafios e Oportunidades da Integração Logística entre Natura e Avon”. 


Confira a programação completa do evento, que conta com a curadoria da Conferência Nacional de Logística (CNL), em parceria com a Associação Brasileira de Logística (ABRALOG) - https://bit.ly/3c8TzFo

 


Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data: De 06 a 08/10/2020
Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM

 

Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 6 a 8 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

 

 

 

Diretor-presidente da ANAC, Juliano Noman, e diretor geral em exercício da ANTT, Marcelo Prado, também garantem presença no evento digital da Intermodal South America

 

O maior evento digital para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior do País está chegando, o Intermodal Xperience 2020, e com ele um inovador conceito de negócios: um ambiente exclusivo e 100% virtual, que conecta os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição em uma única plataforma online, composta por muitos conteúdos relevantes, networking e interação. 

O evento, que já tem data marcada - ocorre de 06 a 08 de outubro - conta, inclusive, com a presença garantida das principais autoridades nacionais do setor.  Entre elas, estará o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que participará do Cerimonial de Abertura do evento, no dia 06, às 09h, para falar sobre “Logística em Movimento: Investimentos em Infraestrutura e Transporte”. 

Participam da abertura oficial do evento também o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Juliano Noman, e o diretor geral em exercício da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Marcelo Vinaud Prado.


Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data: De 06 a 08/10/2020
Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM

 

Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

Evento digital da Intermodal South America, que ocorre de 6 a 8 de outubro, conta com uma repleta grade de palestras e webinars exclusivos, sob curadoria da CNL


Já reconhecida como uma parceria de sucesso nos setores logístico e de transporte de cargas no que refere a conteúdos exclusivos, a Associação Brasileira de Logística (ABRALOG) e a Intermodal South America promovem, novamente, palestras e seminários de qualidade para os profissionais das cadeias de suprimentos do País. Desta vez, a programação será totalmente online, em um evento 100% virtual, o Intermodal Xperience 2020.


Com a curadoria da Conferência Nacional de Logística (CNL), o maior evento digital para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior do Brasil, que ocorre de 06 a 08 de outubro, traz uma grade de conteúdos única aos players destes mercados, repleta de apresentações e webinars diferenciados, compostos por grandes nomes do setor.


Para o presidente da Abralog, Pedro Moreira, esta é uma parceria mais do que acertada, que só garante bons frutos ao setor. “É uma grande satisfação estarmos neste intercâmbio com a Intermodal há bastante tempo. Temos realizado ótimos projetos juntos e o nível de colaboração entre as duas equipes é fantástico, ainda mais agora, nessa experiência digital. Aliás, já tínhamos feito alguns eventos neste formato, com a realização de webinars, e deu muito certo. Agora surgiu o Xperience, outra iniciativa de grande relevância da qual temos a satisfação de participar”, afirma.


Segundo ele, o Intermodal Xperience vem em um ótimo momento e supre a carência do setor por eventos de qualidade neste período atípico em que vivemos. “Infelizmente, não conseguimos fazer a CNL presencialmente, devido ao delicado momento que enfrentamos. No entanto, nos adaptamos à nova realidade e preparamos, junto à Intermodal, um evento digital que aborda diversos temas e traz histórias fantásticas de empresas industriais, varejistas, atacadistas/distribuidoras e de e-commerce. Além disso, destacaremos tudo o que está acontecendo de novo nesta era da digitalização da cadeia de suprimentos, com a presença de representantes de organizações e profissionais de ponta do setor. E vale ressaltar ainda que contaremos com uma série de tours virtuais em grandes companhias, como a Natura, Scania e Mercado Livre. Enfim, é um programa bem consistente e quem é da logística não pode perder, afinal, será um evento único este ano, com muita tecnologia e informação”, conclui.


Para saber mais do que a grade de conteúdos do Intermodal Xperience reserva, acesse a programação completa do evento - https://bit.ly/3c8TzFo



Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data: De 06 a 08/10/2020
Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM

 

Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

Um deles será a visita às instalações da fabricante mundial de caminhões pesados, a Scania. Iniciativa integra a exclusiva programação do evento digital da Intermodal South America, que ocorre de 06 a 08 de outubro


Já reconhecido por sua inovação nos setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, e por trazer ao mercado o maior evento digital do país para estes segmentos, o Intermodal Xperience 2020 promove uma experiência inédita aos players do setor. 

Trata-se de uma série de tours virtuais em grandes companhias do mercado, que apresentará aos profissionais do setor,  durante os três dias de evento (de 06 a 08 de outubro), alguns dos maiores cases de sucesso da atualidade em termos de operações logísticas. Um deles será o da Scania, uma das principais fabricantes de caminhões pesados do mundo, que será apresentado no primeiro dia de evento, dia 06 (terça-feira), às 13 horas.

O tour na companhia de origem sueca exibirá o moderno conceito de laboratório da empresa, que permite a inovação nas operações logísticas da marca, o Scania Logistics Labs (SLL). O laboratório coloca em prática as soluções de transporte sustentável da Scania, por meio do desenvolvimento de tecnologias aplicadas à operação logística da empresa com foco na redução de emissões de poluentes e na otimização dos fluxos logísticos.
 
A gestão de frotas, a redução do tempo de espera para carga e descarga, a conectividade dos veículos e a apresentação da atual torre de controle das operações serão outros destaques da apresentação.

Para saber mais sobre esta programação e as demais atrações do Intermodal Xperience, acesse - https://bit.ly/2ZgD8BM


Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data: De 06 a 08/10/2020
Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM
 
 
Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

O maior evento do setor de logística, intralogística, transportes de carga e comércio exterior da América Latina - este ano em formato totalmente digital - acontece de 6 a 8 de outubro. O Grupo Luminae contribuirá com informações relevantes sobre eficiência energética, no primeiro dia do evento


O mês de outubro marca a realização de mais uma edição da Intermodal, este ano 100% on-line, com a participação de executivos de empresas dos diversos setores da cadeia da logística. O evento acontece em três dias e o leque de temas é diversificado: de logística a transporte, passando por TI, supply chain e energia. 

No tema “Redução de custos operacionais através de uma Gestão Energética Eficiente”, Luis Pires, Diretor Comercial do Grupo Luminae, apresentará um painel sobre as inovações para otimização da gestão da energia, ilustrado por casos bem-sucedidos de trabalhos realizados em redes de lojas, supermercados, indústrias e outros tipos de instalações comerciais e industriais.


“Soluções profissionais de alta performance podem levar a uma economia de até 80% nas despesas com energia, além de minimizar gastos com manutenção e troca de lâmpadas”, explica Pires. Ele destaca, também, que projetos bem estruturados de iluminação influem diretamente na produtividade, com o conforto visual adequado, e reforçam a segurança, melhorando a visibilidade em áreas monitoradas.

Para compreensão ampla do tema, serão abordados tópicos como: a diferença entre os tipos de Led e seu impacto no consumo energético na operação logística e industrial, os modelos disponíveis para maximização da qualidade e redução de custos e as etapas para que levam ao padrão ideal de economia de energia.

Cada projeto deve ser obrigatoriamente customizado para as necessidades de cada tipo de instalação e a demonstração de diversos casos será apresentada com os resultados práticos de cada um.


Serviço:
Intermodal Experience
Painel “Redução de custos operacionais através de uma Gestão Energética Eficiente” - 6 de outubro de 2020 – 16.30h

 

Sobre o Grupo Luminae Energia - Fundado em 2008 pelo engenheiro André Ferreira, o Grupo Luminae Energia é referência em eficiência energética na América Latina. Com crescimento médio de 85% ao longo dos últimos anos, o grupo alcançou, uma carteira de mais de 600 clientes corporativos e mais de 4 mil projetos instalados que somam mais de R$ 850 milhões em redução de custos. 

A companhia atua em três unidades de negócios: Iluminação Eficiente; Energia Solar; Gestão & inteligência. A unidade de Iluminação é líder no setor corporativo, oferecendo soluções que geram economia de até 80% no consumo de energia com iluminação usando luminárias inteligentes desenvolvidas para aproveitar 100% da luminosidade gerada. A companhia é a única autorizada na América Latina a trabalhar com o LED mais eficiente do mundo produzido pela japonesa Nichia.

O Grupo também oferece uma solução completa em energia solar fotovoltaica para que os clientes gerem sua própria energia de forma sustentável e econômica, e sistema próprio de gestão e monitoramento de energia em tempo real para acompanhamento do consumo de energia e utilidades. 


Contato para a mídia:

MCA Comunicação Corporativa
Assessoria de comunicação Grupo Luminae Energia 
Renata Terra ([email protected])Tel. 21 2262-9698 l 21 99914-9276
Guta Campos ([email protected] )Tel. 11 96585-2916www.mcapress.com.br

Intermodal Xperience, iniciativa 100% virtual da Intermodal South America, ocorre de 06 a 08 de outubro

 

Com uma proposta inovadora, o Intermodal Xperience, o maior evento digital para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, chega ao mercado brasileiro com o objetivo de reunir todos os players do universo da Intermodal South America em um único canal virtual, por meio do intercâmbio online entre os três pilares que fazem o sucesso de eventos presenciais: Conteúdo, Networking e Negócios.


Com data marcada, o evento, que ocorre na próxima semana (de 06 a 08 de outubro), reserva uma variedade de atrações exclusivas para as empresas e profissionais de todas as cadeias de suprimentos, de abastecimento e de distribuição. Entre elas, está uma Cerimônia Oficial de Abertura com a presença de autoridades relevantes no cenário nacional, como o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas; o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Juliano Noman, e o diretor geral em exercício da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Marcelo Vinaud Prado. A solenidade está programada para começar às 09h do primeiro dia de evento, 06.


Outra novidade será uma grade de conteúdos digitais com uma programação diferenciada, recheada de palestras online e nomes de peso do mercado, como o diretor de marketing estratégico da Huawei, Tiago Fontes, que apresentará o processo de digitalização do armazém da marca localizado em Sorocaba (SP), com o tema “5G Smart Campus Warehouse”, às 10h do dia inaugural. Pouco depois, às 11h, será a vez do diretor de marketing da FedEx, Gustavo Kornitz, que palestrará sobre “O Ecossistema do E-commerce”. Mais tarde, às 14h, quem ganha espaço é o diretor de supply chain da Yamaha, Eurydes Barcellos, para falar sobre a “Aplicação de Embalagens Retornáveis no Transporte de Motocicletas”.


No segundo dia, 07, outras palestras ganham destaque, como a apresentação do vice-presidente de negócios digitais da Natura, Agenor Leão, que abordará o tema “Inovação e Transformação de Negócios”, às 09h. Já às 11h30, quem traz à tona informações relevantes é o diretor geral da Tgestiona, empresa do Grupo Telefônica, Gerardo Weiland, que ressaltará a “Operação Telefônica de Logística Reversa”. Mais tarde, às 15h30, quem assume o protagonismo é o gerente de compras e de sustentabilidade da Ambev, Bernardo Adão, para falar sobre “Green Supply Chain - Utilização de Veículos Elétricos na Distribuição Urbana”.


Por fim, no dia 08, mais onze apresentações fecham a grade de programação do evento, como a do diretor sênior de planejamento e abastecimento do Carrefour, Diclei Remorini, sobre “Planejamento de Demanda S&OP voltado ao Varejo”, às 11h30. Pouco depois, às 14h30, será a vez do diretor executivo de supply chain do Grupo Pão de Açúcar, Marcelo Arantes, falar sobre “Gestão e Gerenciamento de CCOA: Centro de Controle Operacional de Abastecimento”. Mais tarde, às 16h, “A Evolução da Intermodalidade na Solução Logística das Organizações” será o assunto de destaque, sob a apresentação do diretor executivo da GolLog para as áreas de transporte de cargas e encomendas, Julio Perotti. Tudo isso sob a curadoria da Conferência Nacional de Logística (CNL), em parceria com a Associação Brasileira de Logística (Abralog).


Atrações Especiais -- A exibição de alguns dos maiores cases de sucesso da atualidade em termos de operações logísticas também serão alguns dos diferenciais do Intermodal Xperience 2020. Trata-se de uma série de tours virtuais em grandes companhias do mercado nacional. Um deles será em uma das principais fabricantes de caminhões pesados do mundo, a Scania, no primeiro dia de evento, 06, às 13 horas. O segundo dia também contará com este recurso e o tour virtual será realizado em uma das maiores empresas da indústria cosmética do país, a Natura, também às 13h.


“Estamos trazendo uma experiência única aos profissionais dos setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior do país, que promete revolucionar a forma como fazemos negócios nestes segmentos, transcendendo as fronteiras do evento presencial para o virtual e facilitando a aproximação entre os players que neles atuam”, afirma o diretor do evento, Hermano Pinto Júnior.


Para saber mais sobre esta programação e sobre as demais atrações do Intermodal Xperience, acesse - https://bit.ly/2ZgD8BM. As inscrições são gratuitas!


Serviço:
Evento: Intermodal Xperience
Data: De 06 a 08/10/2020
Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM
Inscrições (Público): https://bit.ly/33923Z5
Credenciamento (Imprensa): https://bit.ly/34iuLY1


Sobre o Intermodal Xperience
A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.


Assessoria de Imprensa
Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564


Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031

Durante a manhã do último dia do evento digital foram os mais básicos do iFood, Carrefour e Privalia 

 

O ciclo de transmissões ao vivo e apresentações da área de conteúdo da Intermodal Xperience neste último dia começou com o VP de Logística do iFood, a empresa de delivery de comida por aplicativo, Roberto Gandolfo, que falou sobre as operações logísticas e a expansão da última milha nas entregas. O aplicativo está disponível em mais de 1.000 cidades brasileiras no modelo de negócio de marketplace e, no de logística, em mais de 270 cidades. A plataforma recebe cerca de 39 milhões de pedidos por mês.  

“No início, observamos que o ticket médio era de um valor maior, então o delivery só atingia certas camadas da população. Porém, hoje temos programas que incluem comida brasileira de qualidade, com preços obtidos, o que novos públicos públicos no aplicativo. O iFood é, de fato, para todos ”, disse Gandolfo. 

Ele destacou que o serviço de logística registrou uma curva acelerada de crescimento nos últimos dois anos e meio. Hoje, o iFood conta com 150 mil entregadores parceiros. “O ganho médio por hora disponível mensal, de forma geral para os entregadores, aumentou 44% em setembro, quando comparado a março deste ano”, apontou o VP de Logística do iFood. Para realizar as entregas, foi desenvolvido um aplicativo com um chat de comunicação com o cliente final e uma indicação do mapa de calor e a visibilidade de ganhos. Na plataforma, os entregadores também têm acesso a um programa de benefícios que conta com seguro em caso de acidentes pessoais. 

Em relação à inovação, Gandolfo falou sobre como a inteligência artificial é usada para a previsão de tempo das entregas, que são ajustadas dinamicamente e em tempo real. “A ferramenta ajuda a alcançar a maior parte dos pedidos entregues em menos de 30 minutos”. Já sobre os modais de entrega, ele ressaltou uma parceria recente com a Tembici, empresa de micromobilidade urbana, para que os entregadores na cidade de São Paulo possam usar bicicletas elétricas. A ideia é oferecer até 500 e-bikes até o final do ano.

Ainda sobre os modais utilizados para entrega, Gandolfo destacou os testes com drones, que estão sendo realizados em duas rotas em Campinas, interior de São Paulo, e o robô Ada: ambos não são especializados ainda a áreas urbanas e sim para levar os pedidos até um hub do iFood, um ponto de encontro de  entregadores. “Estamos testando o que pode ser o futuro das entregas daqui a três ou quatro anos”, finalizou.

 

Os ganhos da logística reversa

O diretor de Operações (COO) da Privalia, clube de compras online (vendas flash), Alan Barsi, também participou da Intermodal Xperience, com o desafio de mostrar que a logística reversa não é um vilão e pode ser uma fonte geradora de resultados e valor para os clientes. Em uma apresentação ao vivo, o executivo abordou uma operação de logística reversa e os impactos causados ​​nos negócios.

O modelo de negócios da Privalia é a venda de produtos online de grandes marcas, com descontos de até 70% e campanhas que ficam no ar por tempo e estão incluído. “Nosso objetivo era simplificar o processo e tornar a experiência de devolver um produto menos penosa e mais rápida para o cliente. Sem reinventar a roda, apenas com ações assertivas ”, disse Barsi.   

Ele explicou que, para avançar na meta de mitigar uma experiência negativa da logística reversa para o cliente, foram aplicadas duas ações: a customização do site e o aplicativo, para que uma solicitação de devolução de produtos seja realizada em um serviço automático de 5 passos; com a adição de informações sobre esse auto-serviço nas embalagens dos produtos no envio.

Nenhum processo efetivo de retorno, a empresa implementou ações que reduziram o tempo total, desde a solicitação até a chegada do produto devolvido, de 20 para 12 dias. Entre as adotadas, Barsi destaca a redução do tempo limite para o cliente postar o produto nos correios, de 14 para 7 dias, e a inserção de transportadoras que fornecem os produtos dos correios nas capitais e transportam até os centros de distribuição da Privalia.

“O próximo passo de mudança foi sobre o que fazer com o estoque, uma vez que o nosso modelo de negócio não permite continuar utilizando uma mesma peça. Uma solução foi a renegociação com os nossos fornecedores. Passamos a devolver 51% do total de itens recebidos na logística reversa. Antes, não era involuntário nada ”, disse o COO da Privalia.     

Outra medida para o escoamento dos 49% do estoque remanescente das devoluções foi uma nova unidade de negócios, a Liquida online e eventos offline. “Nossa primeira experiência com uma loja física foi a Casa Privalia, na cidade de São Paulo, um evento de três dias que preferiu cerca de sete mil 

clientes e arrecadou quase R $ 2 milhões com ofertas de e outros artigos”, finalizou Barsi.

 

Planejamento do Supply Chain 

Ainda no bloco da manhã da programação de conteúdo exclusiva do evento digital, o diretor sênior de Planejamento e Abastecimento do Carrefour, rede internacional de hipermercados, Diclei Remorini, compartilhou como é realizado o complexo planejamento de demanda e S&OP (Planejamento de Vendas e Operações) .

A divisão de varejo do Carrefour no Brasil está presente nos 12 estados e o distrito federal, com 273 lojas entre hipermercados, mercados de bairro e o modelo express. Neste ano, até o mês de setembro, aceito o aceito mais de 2,4 milhões de pedidos no e-commerce, o que representa um crescimento acima de 60% em comparação com o ano anterior. Já uma estrutura física da cadeia de suprimentos está espalhada em 6 estados e no Distrito Federal, em 17 centros de distribuição e 13 lojas secundárias.

 

“Somos comerciantes. Então, o nosso maior desafio é aumentar as vendas. Para atingir esse objetivo, trabalhamos para melhorar a experiência do cliente, colocando ele no centro das nossas decisões. E a consequência dessa estratégia é um planejamento eficiente para reduzir a ruptura e aumentar a rentabilidade do negócio ”, ressalta Remorini.

 Ele explicou que a metodologia do planejamento SI&OP - o “I” integrado é uma sigla para representar o convite - é o levantamento de dados, planejamento de demanda, plano de cadeia de suprimentos, reunião pré e executiva de SI&OP. “O mais importante é seguir com rigor todo esse processo, a clareza dos outputs desejados e como pessoas certas sentadas na mesa”, disse o diretor sênior de Planejamento e Abastecimento do Carrefour. 

Outro fator que pode ser decisivo nos resultados do relacionamento com o fornecedor. O Carrefour tem o programa FazLog, que faz uma certificação dos fornecedores com base em classificações de colaboração, nível de serviço e no-show. O Carrefour registrou um crescimento nas vendas de 30% no segundo trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. 

  Multimodalidade

 Como apresentações finais dia contaram ainda com o gerente de transporte rodoviário e multimodal de cargas da Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT), André Souza Ramos, que destacou o tema: “A Multimodalidade na Visão dos Diferentes Modais”.

O representante da agência reguladora federal deu início à palestra evidenciando o atual desequilíbrio na matriz de transportes brasileira. “Somente no ano de 2019, o país movimentou cerca de 60% das cargas pelo modal rodoviário, enquanto apenas 20% delas pelo ferroviário, 12% pela cabotagem, 4% via dutos, 2% pelo hidroviário e 1% pelo aéreo. Na prática, é uma conta que não fecha e esse desequilíbrio faz com que o Brasil tenha altos custos logísticos, levando-o a ocupar a 8ª posição na América Latina quando se fala em infraestrutura de transportes. Quando avaliado o cenário global, a situação piora e o país cai para uma 85ª colocação ”, alertou.

Mas, não são apenas esses fatores que dificultam a multimodalidade no País. Segundo Ramos, há uma série de outros entraves para essa questão. “Além da falta de investimentos em infraestrutura e dos custos logísticos, há também a falta de uniformização na legislação multimodal, conflitos entre a legislação tributária e os meios de transporte, a burocracia em excesso, entre outros inúmeros desafios que precisam ser superados, para os quais já estamos nos movimentando em busca de soluções ”.

 Algumas dessas iniciativas federais que estão em andamento para tentar saná-los, de acordo com o gerente da ANTT, são as seguintes: o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), que promoverá uma série de concessões nos mais diferentes modais; o Programa de Incentivo à Cabotagem, que visa incentivar um conciliar, criar novas rotas de transporte e aumentar a oferta de cabotagem no País; e a Portaria Nº 123, de 21 de agosto de 2020, que institui o Planejamento Integrado de Transportes, contemplando os subsistemas rodoviário, ferroviário, aquaviário e aeroviário, com o intuito de contribuir para uma maior privada e promover uma integração nacional.

“Só há benefícios na multimodalidade: ganho de eficiência logística, vantagem competitiva, aumento da segurança rodoviária, melhor utilização da capacidade disponível em nossa matriz de transporte, redução do consumo energético e da fonte, entre muitas outras vantagens”, definido.

 

 Serviço:

 Evento: Intermodal Xperience.

Dados: De 6 a 10/08/2020.

Mais Informações: https://bit.ly/2ZgD8BM

Inscrições: https://bit.ly/33923Z5

 

 Sobre o Intermodal Xperience

A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience . Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro acontece de 06 a 08 de outubro deste ano, viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criar um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e conteúdo exclusivo.

 

 Assessoria de Imprensa

 Michel Penna

[email protected]

(13) 99201-9564

 

 Valeria Bursztein

[email protected]

(11) 99104-2031