BRZ20IMS-LOGO-INTERMODAL-NOVO-PORT

1 a 3 de setembro de 2021 - São Paulo Expo

Releases 2021

Webinar promovido pela Intermodal South America discute a otimização de processos a partir de soluções como a assinatura digital


Dando início à programação de webinares e eventos de conteúdos de 2021, a Intermodal South America organizou um encontro virtual entre executivos e profissionais do setor de logística, infraestrutura, transporte e comércio exterior com o objetivo de esclarecer as vantagens da transformação digital para as empresas, entre elas a otimização dos processos de contratos com a assinatura eletrônica.

Para o encontro, foram convidadas executivas da DocuSign, empresa de tecnologia e inovação, com presença internacional, dedicada a encontrar soluções que aliem a tecnologia e o valor jurídico da certificação digital ICP-Brasil com o desenho de processos das empresas.

Gerente de marketing da DocuSign, Thais Narkevitz falou sobre a importância da transformação digital no ambiente corporativo, processo que considera como sendo irreversível. “Há três anos, fizemos uma pesquisa com mais de mil consumidores para entender como são vistas as marcas que ainda usam processos analógicos. Pois bem, 54% dos entrevistados disseram acreditar que a empresa seria morosa nos processos; 51% indicaram que a percepção sobre essas corporações é a de que sejam ultrapassadas; 41% questionaram o compromisso da empresa com o meio ambiente; 25% responderam que interagir com empresas analógicas certamente atrapalharia a rotina e 19% confessaram que poderiam procurar outro fornecedor, caso a empresa fosse analógica. Podemos perceber o sério comprometimento ao qual estão sujeitas as empresas quando não digitalizam os processos”.

Thais selecionou cinco dicas para os decisores das empresas terem em consideração ao avaliar a transformação digital a ser feita. A primeira é investir tempo em conhecer o dia a dia operacional dos colaboradores da corporação e identificar onde estão gargalos para, aí sim, fazer o mapeamento necessário para conectar essas dinâmicas com as capacidades de soluções.

Outra dica de Thais é considerar designs centrados nos usuários, ou seja, ter uma perspectiva “de fora para dentro”, de clientes externos e colaboradores ao planejar novas abordagens. “Escutar as 'dores' e dificuldades de quem vive o cotidiano dos processos é fundamental para elaborar soluções que realmente sejam eficientes”, disse.

Além disso, a gerente de marketing falou sobre “pensar grande e agir rápido”. “Preferimos usar o conceito de ‘minimum viable scope’ para depois, em uma segunda etapa, acrescentar mais funcionalidades. Ou seja, priorizar a implantação que é mais efetiva no momento para, depois, ampliar gradativamente”, orienta.

Reestruturar processos para aproveitar inovações antes de pensar em automatização é outra sugestão dada por Thais. “Não basta só digitalizar um processo analógico que é ruim. Você não está melhorando a experiência do usuário; está apenas criando a versão eletrônica de algo pouco eficiente”, alertou.

Por último, ela falou da importância de maximizar o potencial das integrações, eliminando tarefas manuais, unificando fluxos, processos e pessoas. “É importante identificar o que é possível incorporar, integrar os sistemas e soluções que você já está acostumado a trabalhar. O trabalho remoto será uma constante nas relações laborais e ter uma equipe que funcione bem remotamente será fundamental”, diz.

Vantagens constatadas

Para falar das vantagens concretas da transformação digital, incorporando a assinatura eletrônica entre os processos, a executiva de contas corporativas da DocuSign, Juliana Furholz, apresentou alguns cases de sucesso.

O primeiro deles foi o da empresa Loggi, que já nasceu digital, mas que tinha o desafio interno de modernizar os processos do departamento de Recursos Humanos, que lida com mais de 400 colaboradores. “A partir da plataforma DocuSign foi possível otimizar o processo de contratação de pessoas, que hoje acontece 100% de forma digital, o que trouxe redução de erros, mais agilidade e transparência, melhorando inclusive a percepção da empresa pelos clientes”, disse Juliana.

Outro case apresentado foi o do Ifood. “Toda a parte de contratação de restaurantes parceiros era feita de forma manual, sendo lenta e limitada. Trabalhamos em conjunto e adotamos a assinatura eletrônica, o que permitiu um crescimento de 133% em 2016, ano que a empresa cresceu 237% em parceiras e permitiu 16 mil transações, volume que seria impossível se a empresa ainda fosse analógica”, detalhou.

O terceiro case, da varejista MadeiraMadeira, é emblemático, porque foi implementada a assinatura eletrônica para a aquisição de parceiros em marketplace. “A empresa conseguiu 400 novos parceiros de venda em um único mês, baixando a média de tempo dedicado ao fechamento de contratos de dois dias para 15 minutos. Imaginem o impacto e os benefícios financeiros que esse ganho de agilidade pode ter na sua empresa”, disse.

Sobre a assinatura eletrônica, Juliana afirmou que as empresas devem modernizar os sistemas de gestão de contratos. “Quando pensamos em contratos ou acordos pensamos apenas na assinatura do documento, sem perceber que, antes disso, foi colocado em prática todo um fluxo de aprovação. A DocSign consegue trabalhar do início ao fim desse fluxo, por meio do CLM (Contract Lifecycle Management), que é uma ferramenta da qual a assinatura eletrônica faz parte e que permite evitar os riscos dos processos manuais, porque integra e digitaliza todas as etapas, com validade jurídica e a possibilidade de gerenciar cada processo”, explicou.

A DocSign tem hoje 749 mil clientes no mundo utilizando a solução de CLM. “Somos uma empresa que investe mais de US$ 300 milhões em pesquisa e inovação. Nossos clientes relataram uma aceleração das transações e processos. Segundo eles, 83% dos acordos e transações se completam em menos de 24 horas e 50% são concluídos em menos de 15 minutos”, disse.

Adicionalmente, as soluções da empresa estão totalmente adequadas à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). “Todos os nossos processos estão adequados à nova lei e suas exigências, assim como às legislações de todos os países em que atua”, diz Juliana.

Para ter a experiência, de fato, das soluções da DocSign, a empresa ofereceu um teste gratuito por 30 dias para os participantes do Webinar da Intermodal Experience. “Queremos que vocês tenham a vivência dos benefícios das nossas soluções. Aproveitem!”, finalizou Juliana.


Clique aqui e assista o webinar na íntegra na nossa plataforma Intermodal Xperience.

 

 

Sobre o Intermodal Xperience

A Informa Markets, organizadora da Intermodal South America, o maior evento da América Latina para os setores logístico, de transporte de cargas e comércio exterior, inova e oferece um evento virtual para todos os profissionais das cadeias de suprimento, abastecimento e distribuição: o Intermodal Xperience.

Trata-se de um evento digital exclusivo que promete reunir todos os players dos segmentos do universo da Intermodal em um único canal virtual e promover o intercâmbio de conteúdo, geração de negócios e interação. O encontro é viabilizado por uma tecnologia de inteligência artificial inovadora, a Blue, única no mercado de eventos, que criará um ambiente virtual customizado e orientado aos negócios, ao networking e a conteúdos exclusivos.

 


Assessoria de Imprensa

Michel Penna
[email protected]
(13) 99201-9564

Valeria Bursztein
[email protected]
(11) 99104-2031