Setores de logística, transporte de cargas e comércio exterior estão prontos para ajudar o país a retomar o círculo virtuoso de crescimento

Encerrada nesta quinta (7) em São Paulo, Intermodal South America movimenta o mercado com novos negócios, investimentos e debates sobre temas essenciais para os segmentos

O país pode contar com as empresas do segmento de logística, transporte de cargas e comércio exterior para superar o ambiente de crise. Imersos em um ambiente onde esta palavra é trocada por outras tais como investimentos, negócios e proatividade, as cadeias produtivas destes setores deram, durante a Intermodal South America, uma demonstração de que é possível retomar com mais celeridade o círculo virtuoso de crescimento. O evento reuniu, entre os dias 5 e 7 de abril, no Transamerica Expo Center, em São Paulo, 600 marcas expositoras de 25 países e um público qualificado de visitantes, em grande parte executivos com poder de decisão de compra.

“Esta 22ª edição da Intermodal contribuiu para que as empresas pudessem ter a certeza de que um ambiente de crise pode ser superado com mais investimentos e ousadia. A capacidade de recuperação destes setores é notável e a nossa missão é de justamente fomentar e ampliar o sucesso dos negócios dos nossos expositores, promovendo o encontro de interesses e discussões sobre temas essenciais para o desenvolvimento do mercado no país e na América Latina”, afirma Jean-François Quentin, presidente da UBM Brazil, que promove a feira.

Um exemplo de sucesso na feira é da Kalmar, fornecedora de soluções e serviços de movimentação de cargas para portos, terminais, centros de distribuição e indústria pesada, que anunciou, durante a Intermodal, o fechamento da venda de uma Empilhadeira para o TESC (Terminal Portuário de Santa Catarina). Segundo o gerente de Manutenção do TESC, Guilherme Smolka, "a aquisição se deu pela ampliação da frota do Terminal e visa consolidar o perfil multiuso do TESC".

Essa não é a primeira vez que a Kalmar anuncia a concretização de um grande negócio durante a Intermodal South America. Questionado sobre o sucesso dos negócios durante o evento, o gerente Comercial da Kalmar, Alexandre Esse, afirmou que "muitas vezes prospectamos, conversamos e negociamos à distância, mas o fechamento desse tipo de transação precisa ser presencial, olho no olho. São empresas de grande porte e é difícil conciliar a agenda dos executivos dessas organizações. A feira nos permite ter os decisores de todo o mercado em um mesmo local por um período considerável de tempo. Isso com certeza facilita na hora de fechar os principais negócios e contratos".

Estreante na Intermodal South America, a operadora Supersonic Logística já renovou a participação na próxima edição da feira. “Estamos impressionados com o volume e qualidade da visitação que tivemos. Recebemos 60 visitas de clientes potenciais”, disse o gerente de Marketing, Antonio Carlos.

O diretor comercial da empresa, Cazuza Ferreira, revelou que a empresa fechou na Intermodal um contrato com a Philips Lights no valor de R$ 1,8 milhão para a distribuição nacional de todos os produtos da empresa localizados em Jundiaí. “Temos um potencial de resultados impressionante gerado em apenas três dias de evento. Nossa participação na Intermodal superou todas as expectativas”, finalizou.

ubm-white

   Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM: uma das maiores empresas do mundo em mídia de negócios

Nos mais de 30 países onde realiza seus eventos, a UBM constrói relacionamentos duradouros com especialistas e players do mercado e gera oportunidades que alavancam e fomentam o desenvolvimento da indústria local em âmbito global. Ler Mais

 

Filiada à     

 ubrafe branco

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
E-mail Inválido

Search